top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Cafôfo: a marca da Autonomia não pode ser a corrupção e a pobreza



"Luís Montenegro vem à Madeira apoiar o seu partido? Esteve nos Açores e não vem à Madeira, porque tem vergonha”.




Paulo Cafôfo afirmou, hoje, que a marca da Autonomia não pode ser a corrupção e a pobreza e assegurou que o PS-Madeira não vai permitir que o PPD leve a Madeira ao fundo.

Num comício em Machico com mais de 400 pessoas, com a presença do candidato a primeiro-ministro, Pedro Nuno Santos, o cabeça de lista pelo círculo eleitoral da Madeira não deixou passar ao lado a crise política que se vive na Região.

Paulo Cafôfo expressou a honra em receber o secretário-geral do PS na Madeira, mas, por oposição, criticou os sociais-democratas por se esconderem. “Luís Montenegro vem à Madeira apoiar o seu partido? Esteve nos Açores e não vem à Madeira, porque tem vergonha”, afirmou, acrescentando que Miguel Albuquerque não só perdeu a credibilidade e a confiança dos madeirenses e porto-santenses, como do seu próprio partido. Como referiu, o presidente do Governo “agarra-se ao poder para manter a imunidade que o protege de oito crimes dos quais é indiciado e pelos quais terá de responder e para manter os interesses e o compadrio que são a marca registada do PPD/PSD”.

3 visualizações

Комментарии


bottom of page