top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Cafôfo apresentou a Ireneu "uma solução de Governo"




Se, de forma errada, o Representante da República indicar Miguel Albuquerque para formar Governo, há uma probabilidade de, tendo em conta aquilo que foi dito pelos partidos durante a campanha eleitoral, o Programa de Governo e a moção de confiança não passarem no Parlamento.




O presidente do PS-Madeira foi recebido esta tarde pelo Representante da República para a Madeira, a quem apresentou uma solução de governo estável com o Juntos pelo Povo (JPP) resultante da declaração de princípios assinada ontem pelos dois partidos.

À saída do encontro com Ireneu Barreto, Paulo Cafôfo vincou o facto de os resultados eleitorais terem ditado que a maioria dos madeirenses deseja uma mudança política na Região, acrescentando que o PS e o JPP, numa atitude de responsabilidade e perante a possibilidade de haver uma solução governativa alternativa, estão disponíveis para que a mesma se concretize.

O líder socialista sublinhou que o compromisso estabelecido com o JPP visa uma solução com estabilidade, “onde se possam executar reformas estruturantes, num governo moderado, mas que responda aos problemas, às necessidades e aos anseios dos madeirenses”. Sustentou, por isso, que, neste momento, a palavra está nos partidos políticos, no sentido de definir “aqueles que querem a manutenção deste regime com 48 anos e os que querem uma mudança de regime e aqui apresentam uma solução de governo estável”. “Temos uma história de quase 50 anos de luta por uma melhor Madeira. Não podíamos ficar de braços cruzados sem reagir e sem apresentar uma solução, ou a criação de condições para uma solução de governo”, frisou.

Paulo Cafôfo referiu que se, de forma errada, o Representante da República indicar Miguel Albuquerque para formar Governo, há uma probabilidade de, tendo em conta aquilo que foi dito pelos partidos durante a campanha eleitoral, o Programa de Governo e a moção de confiança não passarem no Parlamento. Tal acontecendo, adiantou, “o PS, mais uma vez, assume essa sua responsabilidade de, junto com o JPP e outros partidos que estejam disponíveis, podermos ter condições para ser solução de Governo na Região”.

11 visualizações

Comentarios


bottom of page