top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Cafôfo assume como alternativa única o PS para evitar aliança PSD/CHEGA




O presidente do PS-Madeira deu conta do inconformismo, da revolta e do descontentamento da população madeirense





Paulo Cafôfo afirmou hoje que o PS-Madeira é o único partido que pode provocar a mudança governativa na Região e resolver os problemas dos madeirenses, assegurando que o partido está mobilizado e preparado para as eleições regionais antecipadas que, acredita, serão marcadas na próxima semana pelo Presidente da República.

O líder socialista falava esta manhã, no âmbito da reunião da Comissão Política Regional do partido, na qual foram analisados os resultados eleitorais e a situação política atual. “Face aos resultados que todos conhecemos, temos de compreender as pessoas, temos de saber ouvir o povo e temos de apontar um caminho, e o único partido que pode apontar um caminho é o PS”, adiantou.

Paulo Cafôfo referiu-se à crise política na Região (causada única e exclusivamente pelo PSD) e ao megaprocesso judicial em curso e lembrou as declarações de destacados social-democratas, como Miguel de Sousa, que disse que o PSD é “um carro desgovernado pela ladeira abaixo”, ou Manuel António Correia, que afirmou que “o PSD está doente”. De acordo com o líder socialista, o PSD é um partido “esgotado nas ideias e nas pessoas”, pelo que não é agora que vai resolver aquilo que não conseguiu resolver em quase 50 anos.

O presidente do PS-Madeira deu conta do inconformismo, da revolta e do descontentamento da população madeirense, que também teve reflexos nas eleições do passado domingo, com votos em partidos mais pequenos. Mas alertou que o voto, por exemplo, no Chega “é um voto que não vai mudar absolutamente nada e não vai resolver os motivos pelos quais as pessoas estão revoltadas”.


“O único partido que pode provocar uma mudança e resolver os problemas das pessoas é o PS. É por isso que nós temos de apontar o caminho e temos de apontar a esperança”, vincou.

Referindo-se à situação que se vive a nível nacional e nos Açores, Paulo Cafôfo alertou que aquilo que poderá acontecer numas eleições regionais é o PSD aliar-se ao Chega. Por isso, sublinhou que “a única forma de as pessoas resolverem os seus problemas é, efetivamente, votarem e apoiarem o projeto do PS

65 visualizações

Comments


bottom of page