Buscar
  • henriquecorreia196

Cafôfo defende apoios a fundo perdido para salvar empregos e empresas

O líder do PS Madeira diz que "o turismo é o setor de atividade mais afetado pela pandemia, pelo que terá uma retoma mais lenta e difícil"


O presidente do Partido PS-Madeira defendeu, hoje, que sejam criados apoios a fundo perdido para as empresas, de modo a salvar empregos e as próprias empresas.

Paulo Cafôfo falava esta tarde, na conferência sobre Turismo, promovida pela eurodeputada Sara Cerdas, no âmbito do Roteiro Geração Madeira, que decorreu em São Vicente.

O líder socialista disse que o turismo é o setor de atividade mais afetado pela pandemia, pelo que terá uma retoma mais lenta e difícil. Contudo, lembrou que os problemas não começaram com a pandemia, até porque, desde 2016 a 2019, a Madeira perdeu 1,6 milhões de turistas e, em 2019, foi a única região do país com resultados negativos.

Cafôfo referiu que os problemas estruturais se agravaram, mas acrescentou que há que aproveitar a oportunidade e «pensar estrategicamente o turismo e dar-lhe sustentabilidade e solidez». «Não há retoma económica na Madeira se não houver recuperação do turismo», sublinhou.

5 visualizações