Buscar
  • Henrique Correia

Cafôfo na Venezuela "debaixo de olho"...


Além da "marcação cerrada" de Albuquerque, "fãs" da Autoridade não perderam oportunidade de captar imagens do secretário de Estado para memória futura.



A presença do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, na Venezuela, onde inaugurou o consulado e esteve presente na cerimónia de consagração do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Los Teques, não andou "debaixo de olho" apenas da política, onde esteve lado a lado em "marcação" cerrada com Miguel Albuquerque, que nem nos piores sonhos pensou voltar a ter a "sombra" de Cafôfo depois do "susto" de 2019 onde salvou a governação à "boleia" do CDS. Este "reencontro" foi diferente, um no Governo Regional, outro no Governo da República.

Mas Cafôfo parece também ter estado sob "mira" de outras proveniências e ter ganho alguns "fãs" inclusive junto das entidades policiais da Venezuela, a avaliar pela imagem plasmada na edição de hoje do Diário, onde o secretário de Estado foi o alvo da "admiração" das entidades venezuelanas e da comunidade através daquela imagem para memória futura, desconhecendo-se se não passou desta "discreta" captação de imagem ou se a situação "emigrou" para uma eventual selfie posterior. Não há registos conhecidos, por isso deve ter ficado por aqui e para o álbum desta agente da autoridade em "solo" português.

Quanto a declarações de Cafôfo, temos que este, no seu Facebook, pronunciou-se sobre a cerimónia no Santuário nestes termos: "Estive presente na cerimónia de consagração do Santuário de Nossa Senhora de Fátima em Los Teques. Esta é uma obra feita com o esforço da Comunidade Portuguesa na Venezuela e demonstrativa da devoção e solidariedade da nossa Diáspora aqui residente.

Representa fielmente aquilo que é a nossa comunidade: resiliente, empreendedora e solidária. Este é um símbolo da fé destas portuguesas e portugueses, mas também uma nova centralidade de Portugal neste país. O complexo não se limita ao aspeto religioso e espiritual, encontrando-se também ali localizado o novo Consulado Honorário de Portugal, que ontem inaugurei, e valências da cultura portuguesa, que espero crescerem no futuro.

E o Estado Português segue o exemplo da coesão e solidariedade desta comunidade, em específico junto das pessoas mais carenciadas, com um conjunto de apoios que somam nos últimos anos 2 milhões de euros, uma rede médica e mais de 2 toneladas de medicamentos entregues a quem mais precisa".


16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo