top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Cafôfo quer extinguir o cargo de Representante da República



Cabeça-de-lista do PS critica o PSD que “de uma forma humilhante, quer que o Representante da República seja substituído por um mandatário”.




A candidatura do PS-Madeira às eleições legislativas nacionais de 10 de março defende a revisão da Constituição e que, nesse âmbito, seja extinto o cargo de Representante da República e as suas competências transitem para o Presidente da República.

Esta manhã, em ações de contacto com a população nas freguesias de Santo António e do Caniço, Paulo Cafôfo defendeu o aprofundamento da Autonomia e a revisão constitucional, considerando que o cargo de Representante da República “não faz sentido nos dias de hoje”.

O cabeça de lista socialista afirmou o PS como um partido fundador da Autonomia e que tem estado sempre na dianteira no que se refere à sua evolução e aprofundamento, e aproveitou para lançar críticas ao PSD, que, “de uma forma humilhante, quer que o Representante da República seja substituído por um mandatário”.

“Os madeirenses não precisam de mandatários. Nós somos senhores do nosso destino e não nos vergamos nem aceitamos que uma Região Autónoma tenha um mandatário”, assegurou Paulo Cafôfo.

9 visualizações

Comments


bottom of page