top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Cafôfo vai "dar tudo" para mudar politicamente a Madeira



"A Madeira é a nossa causa", diz o candidato à liderança do PS-M na apresentação formal.





Paulo Cafôfo apresentou este sábado a sua candidatura à liderança interna do PS Madeira, cujas eleições vão decorrer a 2 de dezembro. Será a segunda vez que Cafôfo lidera o partido na Região e sobre si recai uma grande responsabilidade no objetivo de cumprimento da mudança política na Madeira.

Cafôfo justifica esta candidatura l: "Faço-o com muita honra, mas sobretudo com um enorme sentido de missão. Faço-o porque a Madeira é a causa da minha vida. Assumi esse compromisso com a minha terra há já muitos anos, bem antes de me imaginar na vida política.

Aqueles que, como eu, tentam, desde sempre e em condições muito adversas, mudar a Madeira merecem que eu dê tudo o que tenho por esta mudança. A Madeira é a nossa causa!

Agradeço a todas e todos o vosso apoio e carinho, estamos juntos".

Esta candidatura socialista surge num momento em que o PS sofreu uma queda brutal, em votos e em número de mandatos, precisamente foi o desbaratar de um resultado histórico conseguido por Paulo Cafôfo em 2019 com a eleição de 19 deputados. Foi uma conjugação de factores, nem todos a ver com o PS, mas um momento que não foi aproveitado e, como tal, a estratégia socialista que estava traçada para governar, ruiu com a solução governativa do PSD com o CDS. E Cafôfo, que apostou na vitória e quase conseguiu, acabou por não conseguir sobreviver na oposição e deixou a liderança para depois assumir funções na secretaria de Estado das Comunidades.

Cafôfo regressa, agora, para fazer o que ainda não foi feito. E o próximo grande desafio enquanto líder do PS Madeira será a eleição para a Assembleia da República, onde neste momento o partito tem 3 deputados eleitos pela Madeira.

13 visualizações
bottom of page