Buscar
  • Henrique Correia

Calado acredita: "Primeiros sinais do turismo no final de maio, início de junho"


Vice presidente espera "um segundo semestre “bem melhor” para a economia e para as empresas da Região"





O vice-presidente do Governo Regional mostrou-se hoje otimista que "no final do mês de maio, início de junho, teremos o turismo com os primeiros sinais de retoma e de recomeço da atividade, o que significa que muita da nossa atividade direta e indireta estará já pronta”. Espera um segundo semestre “bem melhor” para a economia e para as empresas da Região.

As afirmações de Pedro Calado foram feitas numa cerimónia de entrega de 25 contratos relativos ao sexto aviso do SI Funcionamento. A oitava cerimónia, desde que começaram a ser aprovadas candidaturas no âmbito deste apoio. Com a presença de Rui Barreto, o secretário da Economia.

Barreto diz que com abertura de corredores e da mobilidade dos turistas há “esperança” de a atividade económica começar a normalizar.

Uma nota do gabinete de comunicação da secretaria, faz referência aos apoios em vigor, com o secretário regional a lembrar que o MeP-RAM, aberto há cerca de uma semana, com uma dotação global de 5,2 milhões de euros, já conta com mais de mil candidaturas entradas.

“Devo informar-vos que hoje mesmo abriu uma linha de apoio ao sector do turismo, no valor de 300 milhões de euros, com a possibilidade de converter 20% desse montante, após 18 meses, em valor não reembolsável”.

A nova linha de crédito foi anunciada esta sexta-feira e é dirigida a médias e grandes empresas do turismo. O instrumento financeiro será disponibilizado pelo Banco Português de Fomento e financiado com fundos comunitários da Região.


4 visualizações