Buscar
  • Henrique Correia

Calado disponibiliza ajuda ao cônsul da Ucrânia na Madeira


Às 17h30 há uma vigília prevista em frente ao edifício da CMF.


Pedro Calado, o presidente da Câmara Municipal do Funchal, falou por videoconferência com o Eduardo Santos Silva, Cônsul Honorário da Ucrânia em Portugal, a quem manifestou solidariedade com o actual momento de dor que o país está atravessar.

“Queria transmitir que a CMF está de portas abertas para apoiar os ucranianos que vivem cá, apoiar naquilo que entenderem ser necessário para minimizar o momento difícil”, transmitiu.

O presidente da autarquia do Funchal quis saber de que forma é possível interceder no sentido de facultar algum meio logístico para que as pessoas que cá estão possam ter contacto com os seus familiares na Ucrânia. “Queríamos por vosso intermédio tentar perceber se é possível de alguma forma existirem meios e se é possível materializar da nossa parte alguma ajuda eficaz e rápida para minimizar a dor que estão a sentir neste momento difícil”, transmitiu Pedro Calado.

Segundo nota da Autarquia, o presidente deu conhecimento que às 17h30 há uma vigília prevista em frente ao edifício da CMF e que aproveitará esse momento para contactar com algumas pessoas e ajudar e colaborar neste momento difícil.

Em solidariedade com a Ucrânia, que está a ser alvo de um ataque russo, a Câmara Municipal do Funchal vai iluminar, durante durante 3 dias , a partir de hoje e até domingo , a fachada do edifício sede do município com cores (azul e amarelo) da Ucrânia.

7 visualizações