Buscar
  • Henrique Correia

Calado diz ter soluções para o Funchal esburacado e com o caos no trânsito


Aponta a ciclovia na forma como foi executada e nos moldes em que foi feita como um dos exemplos da má gestão do actual executivo.


O trânsito no Funchal está um caos. A cidade está esburacada, não tem planeamento, há muitas obras ao mesmo tempo. Foi este o quadro que Pedro Calado "pintou" para dizer que tem soluções na "manga". Uma delas um estudo e levantamento rigoroso da circulação automóvel, de modo a encontrar uma saída alternativa entre a Estrada Monumental e a Rua João Paulo II, permitindo maior fluidez.

Pedro Calado adverte que numa altura que as aulas já se iniciaram o problema agravou-se e está a provocar dores de cabeça aos pais que têm de levar os filhos à escola, refere uma nota do gabinete de comunicação da candidatura.

Para o cabeça-de-lista à Câmara Municipal do Funchal (CMF), o actual executivo camarário revela "uma grande falta de visão estratégica quanto ao ‘timing’ de realização de obras. “Nós estamos praticamente a 20 dias das eleições e aquilo que deveria estar a acontecer era a CMF apresentar as obras que fez durante o mandato e não estar agora a avançar com o início de obras. São várias ruas que estão a ser intervencionadas ao mesmo tempo, sem qualquer planeamento e sem qualquer estratégia. A cidade do Funchal apresenta-se toda esburacada com problemas de congestionamento de tráfego completamente desnecessário”, critica. Aponta a ciclovia na forma como foi executada e nos moldes em que foi feita como um dos exemplos da má gestão do actual executivo.

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo