Buscar
  • Henrique Correia

Calado não falar na Festa é passado: "Não há tempo a perder com guerrinhas"


“Só quero valorizar o Partido e os nossos Militantes, estou aqui para trabalhar em prol do Partido e em prol da população".




Calado foi ao Conselho Regional colocar uma "pedra" no assunto sobre quem fala e não fala na Festa do PSD. Já tinha decidido não falar depois de alguns desabafos sobre ter sido convidado para a festa "em cima do casamento", mas agora dá tudo pela união que recentemente parecia difícil, pelo menos para o exterior.

O presidente da concelhia social democrata do Funchal e presidente da Câmara, perante os conselheiros, fez um discurso de fervor "laranja". Disse que "não há tempo a perder com guerrinhas e que há muito a fazer para que o Partido prossiga o seu ciclo vencedor. Por exemplo, lembramos nós, guerrinhas do género como aquela que trouxe a público uma dúvida sobre o eventual "esquecimento" de José Prada, o secretário-geral, de escalonar Pedro Calado no alinhamento dos discursos.

“Estamos aqui para trabalhar em nome de um objetivo e o nosso objetivo é ganhar eleições” afirma Pedro Calado.

“Só quero valorizar o Partido e os nossos Militantes, estou aqui para trabalhar em prol do Partido e em prol da população, do crescimento e desenvolvimento desta Região e estamos aqui para trabalhar em nome dos nossos objetivos e o nosso objetivo é ganhar eleições”, disse, lembrando que o facto do PSD/Madeira ter ganho no passado não significa que qualquer vitória esteja garantida no futuro.

Pedro Calado que, logo no início da sua intervenção, fez questão de agradecer publicamente a vitória alcançada no Funchal, nas Autárquicas de 2021 e a consequente recuperação do poder na Câmara Municipal, “um trabalho que foi feito por todos” e “uma conquista fundamental para o Partido”, pode ler-se numa peça publicada no site do partido.

16 visualizações