top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Calado: não posso parar uma cidade por dúvidas sobre o Tribunal de Contas



Presidente da Câmara diz que o que foi prometido à população será cumprido.




O presidente da Câmara do Funchal manifestou-se crítico relativamente à oposição por votar contra obras com dúvidas sobre a posição do Tribunal de Contas.

"Não posso é parar uma cidade e não contemplar investimentos de beneficiação de obras públicas, com o receio das questões do Tribunal de Contas...Esta é a grande diferença entre o actual executivo e o ananterior. "É por estas e por outras que se nota uma grande diferença de desenvolvimento no Funchal. Cumprimos  a lei e estamos a fazer tudo o que podemos fazer", garantido que o que foi prometido à população será cumprido".

O autarca falava depois da reunião de câmara de hoje onde referiu que "não posso votar contra um projecto que vai beneficiar a população só porque tenho receio que o Tribunal de Contas  possa questionar determinadas situações. Se questionarem, estamos cá para justificar, é essa a nossa função".

Na Reunião de Câmara, que decorreu hoje, foi aprovada, "por unanimidade, a atribuição de medalhas de assiduidade e de bons serviços aos funcionários municipais", que serão depois entregues, em cerimónia, no Dia da Cidade, mais concretamente a 21 de Agosto, neste caso, vão ser «distinguidos 75, com medalhas de ouro, prata e bronze".

 


6 visualizações

Comments


bottom of page