Buscar
  • Henrique Correia

Calado: "Não preciso do Chão da Lagoa para deixar mensagens"


Para um assunto que "não tem importância", esta declaração de Calado é politicamente demolidora. Seja para que destinatário for.




Tanto Miguel Albuquerque como Pedro Calado desdobram-se em explicações e tentativas para travar o que já é público. Intencionalmente ou não, caiu mal Pedro Calado não estar incluído nos discursos do Chão da Lagoa. Albuquerque diz que já falou ao telefone com o presidente da Câmara e da AMRAM, certamente não houve tempo para encontro presencial, onde ficou tudo esclarecido. Ou quase tudo o que pode ficar esclarecido numa situação destas.

Pedro Calado, em declarações à RTP Madeira diz que não tem importância nenhuma. Mas tem e é o próprio Calado a não resistir a essa importância que, quer queira quer não, tem relevância política. "Não preciso do Chão da Lagoa para mandar mensagens, mando mensagens todos os dias. Não é importante falar na Festa, agora há cartazes já feitos e convites já feitos, não gosto de ser convidado para um casamento no dia do casamento".

Para um assunto que "não tem importância", esta declaração de Calado é politicamente demolidora. Seja para que destinatário for.

17 visualizações