top of page
Buscar
  • Henrique Correia

Calado quer presépio (do Galeão) todo o ano como área de museu


O presépio é composto por vários quadros alusivos a diferentes freguesias da Região, apresentando réplicas das respetivas igrejas.




O presépio do Galeão, São Roque, é um investimento de 20 mil euros e a relevância é de tal ordem que Pedro Calado defendeu, hoje, a criação de "um museu vivo com dinâmica e recriar a história da Madeira preservando a cultura e tradições”.

Para o presidente da CMF este presépio já se tornou um ícone do Natal na Região pelo que deve ser preservado e apoiado porque revela muita da nossa identidade regional, contudo defende que se comece a pensar já no passo seguinte, nomeadamente manter este presépio todo o ano e não só na quadra festiva.

O presépio é composto por vários quadros alusivos a diferentes freguesias da Região, apresentando réplicas das respetivas igrejas.

O edil refereiu que a autarquia apoia financeiramente a Associação anualmente, mas pede a ajuda de outras entidades com vista a criar condições para levar o projeto para a frente.

4 visualizações
bottom of page