top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Calado quer regulação para a atividade das empresas de rent-a-car



“É urgente pararmos um pouco, analisar o funcionamento do mercado e criar regras”,




O presidente da Câmara Municipal do Funchal defendeu a regulação das rent-a-car. O objetivo de Pedro Calado é "regular e disciplinar, para proteger a atividade das rent-a-car, o turismo e a mobilidade na cidade".

É desta forma que o presidente da Câmara Municipal do Funchal olha para o crescimento exponencial de empresas neste setor, algo que advém do aumento do número de turistas, associados a um perfil mais autónomo em termos de mobilidade.

“É urgente pararmos um pouco, analisar o funcionamento do mercado e criar regras”, defende Pedro Calado, que agradeceu a disponibilidade da ACIF em trabalhar “a sério” neste assunto, “porque senão vamos potenciar os constrangimentos, que são já evidentes, nomeadamente nos espaços para estacionamento, lavagem, atendimento e circulação rodoviária”, defende o autarca.

Para Pedro Calado é evidente a maior pressão nas infraestruturas rodoviárias da cidade. “Para além da população residente, temos de contar com cerca de 100 mil passantes, entre turistas e pessoas que aqui vêm trabalhar e estudar, sem esquecer os inúmeros eventos que acontecem no Funchal todos os dias, onde se desenvolve 60% da atividade económica da Região. Há efetivamente muito movimento. Estamos atentos e a trabalhar com várias entidades, mas isto não se resolve de um dia para outro”, adverte o presidente da Câmara Municipal do Funchal.

Pedro Calado falava à margem da 2º edição do Mercado de Usados, que decorre no Madeira Tecnopolo, com 200 viaturas em exposição.

10 visualizações

コメント


bottom of page