Buscar
  • Henrique Correia

Calado tinha dito que era só no fim do mês mas anuncia que sai na segunda-feira


Vice admite que há áreas da sua tutela que não passam para a nova secretaria de Rogério Gouveia.



Pedro Calado deixa Governo na segunda-feira, 16 de agosto.


Pedro Calado tinha dito, à Antena Um, que a sua saída do Governo para se dedicar à candidatura à Câmara do Funchal não aconteceria nunca antes do fim do mês de agosto, num momento em que o DN Funchal já adiantava a saída para o dia 16, segunda-feira, dia da tomada de posse do novo secretário com a tutela das Finanças, Rogério Gouveia.

A situação gerou alguma dúvida, mas a verdade é que atendendo a que tinha sido o próprio Calado a garantir o timming do final do mês, era se supor que o processo teria esse figurino. Não foi assim.

Não se sabe o que aconteceu entretanto, mas a verdade é que hoje, o vice presidente anunciou, à margem das comemorações do Dia Mundial da Juventude, que vai mesmo sair na segunda-feira, confirmando as "fontes" do DN. Calado disse, à RTP Madeira, que a maior parte das áreas que estavam sob sua tutela passa para a nova secretaria, mas admite que algumas áreas vão para outras secretarias, desconhecendo-se se uma dessas áreas que não ficam com Rogério Gouveia é a Empresa de Eletricidade.

O ainda vice do Governo diz que Albuquerque está a ultimar a nova orgânica do Governo, tarefa fica concluída até segunda.

Recorde-se que neste processo, a orgânica passa pela extinção da vice presidência, pela criação da nova secretária e pela nova atribuição de funções para Jorge Carvalho, que fica com a coordenação.






12 visualizações