Buscar
  • Henrique Correia

Camas já estão montadas no pavilhão para "responder" aos casos no Porto Santo


Governo alerta: "A redução do risco de transmissão do vírus depende do comportamento de cada um de nós".




Tal como já foi revelado, na sequência do aumento do número de casos COVID-19 no Porto Santo, foi disponibilizado um novo espaço para alojar doentes com COVID-19, o pavilhão Multiusos, uma vez que a unidade hoteleira dedicada a estes casos está quase a esgotar a sua capacidade.

O Governo está preocupado com a situação e por isso quer encontrar alternativas, ao mesmo tempo que lança uma recomendação/alerta: "Importa recordar que a redução do risco de transmissão do vírus depende do comportamento de cada um de nós, pelo que reiteramos a importância da adoção de comportamentos assertivos e do cumprimento escrupuloso das medidas de prevenção da COVID-19".

O Executivo Regional publicou hoje uma informação confirmando que a partir do dia 18 de agosto, o Porto Santo "irá disponibilizar mais 50 camas para fazer face ao aumento de casos positivos de COVID-19".

A preparação deste novo espaço "resultou de um trabalho conjunto com várias entidades, entre as quais o Comando Operacional da Madeira, através da Zona Militar da Madeira, o Serviço de Saúde da RAM, EPERAM, a Direção Regional de Saúde, o Serviço Regional de Proteção Civil, a Autoridade de Saúde local, a Autarquia, o responsável do Porto Santo, na estrutura do Governo Regional, entre outros".




15 visualizações