Buscar
  • Henrique Correia

Candidato à Sé propõe gabinete para inclusão das comunidades


Objetivo é captar investimento privado e promover os instrumentos de apoios disponíveis.


O candidato da Confiança à presidência da Junta de Freguesia da Sé, Diogo Goes, tem vindo a desenvolver um contacto de maior proximidade com as comunidades de luso descendentes, reunindo-se com jovens empreendedores e famílias oriundos de países como a Venezuela, África do Sul e Reino Unido, entre outros.

Numa nota Diogo Goes destacou ontem num jantar comício, que “as comunidades madeirenses merecem admiração e respeito pela sua resiliência”.

“Todos os madeirenses e funchalenses têm na sua família ou têm amigos da diáspora, com um trajeto de vida de trabalho e resiliência e de muita dedicação à sua terra natal. Hoje precisamos de agradecer o seu contributo para o desenvolvimento da Madeira e da Cidade do Funchal. É de coração aberto que retribuímos o esforço e dedicação, realçando que precisam de ser bem acolhidos”, destaca ainda o candidato.

Das inúmeras propostas apresentadas por Diogo Goes, destacam-se as que contemplam o apoio à inclusão das comunidades lusodescendentes nomeadamente através da criação de um gabinete de acompanhamento e inclusão das comunidades, captando investimento privado e promovendo os instrumentos de apoios disponíveis, nomeadamente no domínio da saúde, da educação e do emprego;; o estabelecimento de parcerias com instituições educativas e socioprofissionais, visando a reconversão laboral, a formação profissional e linguística; desenvolvimento de atividades culturais e recreativas que estabeleçam um diálogo intergeracional e uma aproximação às comunidades dos residentes naturais. Estas foram algumas das proposta reveladas.


23 visualizações