Buscar
  • Henrique Correia

Carlos Pereira ao lado do Governo para reverter decisão do Reino Unido


Deputado socialista considera que "a situação da Covid na Região é distinta do resto do país, com muito poucos casos e o controle à entrada é exemplar”.




Carlos Pereira, deputado socialista madeirense na Assembleia da República, posiciona-se ao lado do Governo Regional na sensibilização, junto das entidades do Reino Unido, para que haja uma discriminação positiva da Região na decisão de retirar Portugal da lista verde de países seguros para viajar.

Como se sabe, o Reino Unido retirou Portugal dessa lista, o que implica que os turistas que se encontrem em Portugal e regressam a partir do dia 8 de junho, sejam obrigados a quarentena e a dois testes, situação que constitui um revés para as duas zonas do País que representam a maior fatia do turismo britânico para Portugal: Madeira e o Algarve.

Carlos Pereira, deputado do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República, entende que é urgente que o corpo diplomático atue junto do Governo britânico, de modo a reverter a decisão inglesa de também excluir a Madeira da lista verde do Reino Unido.

Na ótica do parlamentar madeirense, “é tempo de fazer tudo para aproveitar a separação física da Madeira do Continente, assim como o bom controle da pandemia, para reverter a decisão inglesa”.

“A Madeira está separada do continente por um oceano inteiro.

A situação da Covid na Região é distinta do resto do país, com muito poucos casos e o controle à entrada é exemplar”, frisa Carlos Pereira, considerando que as decisões inglesas não deveriam envolver também o arquipélago.

O também vice-presidente da bancada parlamentar socialista em São Bento defende que o Governo Regional deve exercer todos os esforços para reverter rapidamente esta situação e que a diplomacia portuguesa atue nesse sentido, nos termos que já fez, com sucesso, no passado.

2 visualizações