Buscar
  • Henrique Correia

Carlos Pereira apela ao voto no PS para uma "maioria reforçada"


"António Costa já demonstrou nos últimos seis anos que não abandona a Madeira e constrói soluções para resolver os problemas da Região".



O candidato do PS-M Carlos Pereira apelou, hoje, ao voto no Partido Socialista no próximo dia 30, de modo a que seja possível ter uma maioria reforçada que garanta a estabilidade e a previsibilidade no País, para retomar a recuperação económica e virar a página da pandemia.

Durante um encontro com militantes em Machico, o cabeça de lista do PS disse que os madeirenses têm uma grande responsabilidade nestas eleições e deixou um apelo: “Ajudem-nos a garantir que esta maioria é mesmo consolidada e que é uma maioria robusta que permita um governo com estabilidade e previsibilidade para o futuro”.

O candidato salientou, como refere uma nota do gabinete de comunicação da candidatura, que "a melhor solução para o País é ter um governo estável e de quatro anos, lembrando que o Executivo de António Costa “já demonstrou nos últimos seis anos que não abandona a Madeira e constrói soluções para resolver os problemas da Região. Nessa ordem de ideias, mostrou que o PS tem uma herança que pode mostrar aos madeirenses, apontando os exemplos do cofinanciamento do Hospital, o projeto dos cabos submarinos, a redução dos juros da dívida e as garantias do Estado à Região.

Reconheceu, contudo, que há mais assuntos para resolver, nomeadamente a criação do aeroporto de contingência, a revisão da Lei das Finanças Regionais e garantir que os madeirenses pagam apenas 86 euros pelas viagens, mas assegurando que as companhias aéreas não saem da Madeira".

6 visualizações