Buscar
  • Henrique Correia

Carlos Pereira diz que a República vai pagar 50% do novo Hospital


Deputado lembra o PRR "com uma verba superior no dobro ao que seria expectável dada a proporção da população da Madeira".


No âmbito da discussão na especialidade do Orçamento de Estado para 2022, o deputado do PS na Assembleia da República Carlos Pereira elencou um conjunto de medidas que o PS Madeira conseguiu, desde 2016, cumprir com a Região, recordando vários compromissos cumpridos pelas legislaturas do PS.

Numa nota emitida esta segunda-feira, o parlamentar enumera o rol de propostas "como o cofinanciamento do hospital, cuja propaganda do PSD veio a ser desmentida com factos, neste caso a transferência de verbas para 50% do valor da infraestrutura, essencial para a Madeira. Também em funcionamento está a redução dos juros da dívida que o PSD impôs à Região, as verbas substanciais das receitas da Santa Casa da Misericórdia que estão a ser transferidas para a Região; a aprovação de soluções relacionadas com os direitos de passagem da Empresa de Eletricidade da Madeira; a prorrogação da atribuição de novas licenças do Centro Internacional de Negócios da Madeira, resolvendo vários problemas criados pelas autoridades regionais; a nova lei para o registo de navios, que tornou a Madeira num dos registos mais competitivos da Europa e o cumprimento integral da Lei Finanças Regionais, que nem sempre foi cumprida pelos governos do PSD".

Carlos Pereira sublinha também a concretização de um Plano de Recuperação e Resiliência Regional, com uma verba superior no dobro ao que seria expectável dada a proporção da população da Madeira, os apoios da República para a atração de mais companhias aéreas e a melhoria no transporte aéreo para a Madeira e o Porto Santo com a garantia de mobilidade aérea ininterrupta e consistente.

16 visualizações