top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

CDS aponta várias soluções para a habitação




Em primeiro lugar, construir habitação social para os mais carenciados; em segundo lugar, habitação a custos controlados para aqueles que já podem adquirir uma casa; em terceiro lugar, ceder terrenos às cooperativas para que possam construir e vender as casas aos seus sócios.





O presidente do CDS-PP Madeira e cabeça-de-lista da candidatura centrista às Eleições Legislativas Regionais de 26 de maio, falou hoje à comunicação social sobre a habitação, mais concretamente sobre uma política integrada de habitação que o CDS defende.

José Manuel Rodrigues começou por dizer que para atendermos e respondermos aos problemas da habitação na Madeira temos que atuar em várias áreas. “Em primeiro lugar, construir habitação social para os mais carenciados; em segundo lugar, habitação a custos controlados para aqueles que já podem adquirir uma casa; em terceiro lugar, ceder terrenos às cooperativas para que possam construir e vender as casas aos seus sócios; e, em quarto lugar, atuar na área fiscal, pois nós temos uma carga fiscal elevadíssima sobre a construção e a venda de habitações na Madeira”, sublinhou.

Neste sentido, o candidato reforçou que o CDS propõe que, na compra da primeira habitação, o cidadão esteja isento do IMT e do IMI, desde que contraia crédito bancário. Para os jovens, deve ser reintroduzido o crédito bonificado jovem e, para as famílias, devemos voltar a ter dedução dos juros do crédito da habitação na coleta do IRS.

2 visualizações

Comments


bottom of page