top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

CDS lamenta demora na solução para os limites dos ventos no Aeroporto



Equipamentos provavelmente só em Maio de 2024 é que estarão instalados e, posteriormente, ainda será preciso um relatório de um ano.





O líder parlamentar do CDS na Assembleia Regional, Lopes da Fonseca, lamenta o que se deu a conhecer na Audição Parlamentar ao Conselho de Administração da Navegação Aérea de Portugal – NAV Portugal, E.P.E., relativamente à aquisição e instalação de equipamentos no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo, onde ficaram a saber que a instalação dos novos equipamentos será feita daqui a uns meses, “provavelmente só em Maio de 2024 é que estarão instalados e, posteriormente, e ainda será preciso um relatório de um ano para se poder calcular eventualmente a necessidade de se alterar os limites de vento ou não”. Ou seja, “isto ainda vai depender da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), o que significa que só daqui a dois anos é que a ANAC se irá pronunciar sobre a eventual alteração dos limites de vento”, diz Lopes da Fonseca.

O líder parlamentar centrista recorda que o problema nem está na alteração dos limites de vento, mas sim no facto dos mesmos serem mandatórios, pois em Portugal este é o único Aeroporto em que os ventos são mandatórios. No seu entender, “isto não é admissível” e justifica, acrescentando que os índices foram calculados “há quase 60 anos, com aviões da Segunda Guerra Mundial, quando hoje temos aeronaves sofisticadíssimas, pilotos bem preparados e este aeroporto tem mais 1181 metros”.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page