Buscar
  • Henrique Correia

CEMGFA distingue jornalista madeirense com a Medalha da Cruz de São Jorge


Cristina Costa e Silva tem na carreira uma ligação de colaboração com as Forças Armadas Portuguesas ao longo de quase trinta anos".



A jornalista Cristina Costa e Silva, que neste momento desempenha funções de assessora de imprensa do Comando Operacional da Madeira, acaba de ser distinguida pelo Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), Almirante Silva Ribeiro, com a Medalha da Cruz de São Jorge, terceira classe.

"A repórter e jornalista Cristina Costa e Silva tem revelado elevada competência técnico-profissional, extraordinário desempenho e relevantes qualidades pessoais, características já conhecidas da sua longa colaboração com as Forças Armadas Portuguesas, ao longo de quase trinta anos", revela o texto de suporte da medida publicado em Diário da República.

Num percurso iniciado em 1993, quando efetuou uma primeira reportagem sobre as mulheres pioneiras das Forças Armadas, na Madeira, o trajeto profissional de Cristina Silva tem-se cruzado com a atividade operacional das Forças Armadas de forma contínua. Desde o acompanhamento, nas Ilhas Selvagens, em 1997, dos trabalhos do Exército na recuperação dos percursos pedestres, à cobertura de um dos maiores exercícios conjuntos conduzido pela NATO, em Porto Santo, o LINKED SEAS 2000, passando por inúmeras reportagens, o seu trabalho sempre se pautou por elevado rigor e qualidade, traduzindo-se em grande visibilidade para as Forças Armadas.

Pelo meio, e não menos significativo, fica a realização de mais de duas dezenas de deslocações às Ilhas Selvagens, de que resultou um acervo de textos, sons e imagens que constituem testemunho vivo do significativo esforço efetuado pelas Forças Armadas na edificação de uma efetiva capacidade de exercício da autoridade do Estado nessa área estratégica de interesse nacional.

Cristina Costa e Silva fez rádio e integrou as redações dos dois principais órgãos de imprensa, o Jornal da Madeira e o Diário de Notícias.



19 visualizações