Buscar
  • Duarte Azevedo

CF União não autoriza treino do União 1913 marcado para o Vale Paraíso


Responsável pelo '1913' sugeriu entregar atletas ao CFU mas técnicos recusaram


É só mais um episódio de uma novela que vai longa... A situação recente com os protagonistas CF União e União 1913.

Na noite de segunda-feira, como aqui demos conta, o '1913' - não se percebe a data, mas isso é outra coisa -, com a permissão do GR de haver treinos de futebol, levou os seus jovens jogadores ao Complexo Desportivo do Vale Paraíso para uma sessão de preparação. Aí chegados, depararam-se com as portas fechadas a cadeado. O CF União, que detém o Complexo, justificou que o mesmo ainda não tinha as condições sanitárias exigidas neste tempo de pandemia. Por outro lado, os jovens '1913' não estavam inscritos na AFM, logo sem condições de seguro para poderem treinar pelo que essa vontade poder-se-à expressar, também, numa certa irresponsabilidade.

Entretanto, o presidente do '1913', Jaime Gouveia, escreveu aos pais dos atletas propondo que os jovens fossem entregues ao CF União para competirem. Houve respostas 'sim', 'não' e 'nim'. Grande parte, contudo, só aceitava se os técnicos fossem os mesmos. Estes hesitaram mas acabaram por dizer 'não' a essa pretensão. Apresentando, nesse cenário, as suas demissões.

Passaram-se dois dias e os responsáveis pelo '1913' garantem que hoje, quinta-feira, vão voltar ao 'Vale Paraíso' para... treinarem. Com a garantia de autorização do Administrador Judicial de Insolvência do CF União. Mas o C.F. União defende que o contrato de gestão entre 'o Clube de Futebol União e a ADUM foi renunciado em Outubro de 2020'...

C.F. União que, ao que consta, também vai ter equipas jovens a participar quando da retoma da competição futebolística.

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo