top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

CHEGA só admite avaliar apoio caso a caso no Parlamento



Miguel Castro põe de parte qualquer coligação.




O CHEGA Madeira repetiu, após a audiência com o Representante da República, o que já tinha dito antes: o partido não alinha em jogos de bastidores e não faz acordos, nem à Direita nem à Esquerda.

Miguel Castro disse a Ireneu Barreto que não seria o CHEGA a inviabilizar um Governo, pelo que o partido vencedor das eleições deve governar. Depois, no âmbito do Parlamento, o CHEGA avaliará caso a caso.

11 visualizações

Commentaires


bottom of page