Buscar
  • Henrique Correia

Cinco Federações surpreendidas com decisão do Governo Regional alertam para "grave impacto"

"No atual contexto de pandemia, com diversos jogos alterados praticamente todos os fins-de- -semana, não existem datas livres que permitam acolher a eventual alteração de jogos em que participem equipas da Madeira."


Um comunicado conjunto das Federações de Andebol, Basquetebol, Futebol, Patinagem e Voleibol, foi hoje divulgado na sequência das medidas anunciadas pelo Governo Regional, relativamente à participação das equipas da Madeira nas competições nacionais do desporto não profissional.

O comunicado refere que estas federações "foram esta quartafeira surpreendidas com a intenção, manifestada pelo Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, de suspender por 30 dias a participação das equipas do arquipélago da Madeira nas competições nacionais não-profissionais. Esta medida, caso seja implementada, afetará profundamente o desenrolar das competições e poderá ter grave impacto nas equipas da Madeira que participam nas provas nacionais em 2020/21 e nas épocas seguintes, além do efeito negativo no desenvolvimento dos atletas".

Justificam as federações que "no atual contexto de pandemia, com diversos jogos alterados praticamente todos os fins-de- -semana, não existem datas livres que permitam acolher a eventual alteração de jogos em que participem equipas da Madeira. As federações de Andebol, Basquetebol, Futebol, Patinagem e Voleibol disponibilizam-se desde já para procurar encontrar, em diálogo com o Governo Regional da Madeira, a solução que melhor acautele a participação em segurança de todas as equipas e agentes desportivos, bem como o regular decorrer das competições nacionais".

Assinam a Federação de Andebol de Portugal Federação Portuguesa de Basquetebol Federação Portuguesa de Futebol Federação de Patinagem de Portugal Federação Portuguesa de Voleibol .

De referir, ainda, que como já demos conta numa outra peça, o Governo da República alterou, na segunda-feira, o conceito de desporto não profissional, passando a considerar profissional as modalidades que até agora estavam noutro enquadramento, permitindo com isso o normal funcionamento da competição. Havendo esta diferença de entendimento, as equipas da Madeira estariam numa situação difícil, uma vez que tinham que cumprir os jogos das competições nacionais, mas estavam impedidos de o fazer pela decisão do Governo Regional. Correm o risco, no limite, de perderem pontos por falta de comparência.

7 visualizações