Buscar
  • Duarte Azevedo

Clubes continentais contestam 'solução Madeira' do Campeonato de Portugal

Protesto deve dar em... nada


Os clubes que desceram aos 'Distritais' em virtude das suas classificações no Campeonato de Portugal, escreveram à FPF contestando a forma como foi encontrada a solução para as equipas da Madeira que não completaram a época - União, Camacha e Câmara de Lobos - e, mesmo assim, mantêm o estatuto nacional na próxima temporada. Entre os contestatários estão alguns históricos como Beira Mar, Fabril e Lusitano de Évora.

No entanto, a FPF já homologou os resultados da primeira fase da prova, pelo que este protesto não deverá ter consequências.

Enquanto isso, foi levantado um Processo Disciplinar ao CS Marítimo para averiguar uma situação denunciada pelo Gondomar e que tem a ver com a utilização de Faiq no último jogo da 1ª fase do campeonato, com vitória verde-rubra. Alegam os gondomarenses que Faiq não poderia ser utilizado por ter estado na ficha do Marítimo-Sporting da Taça de Portugal. Contudo, foi suplente não utilizado pelo que não deverá acarretar problemas. Mesmo assim, a perder esses três pontos os verde-rubros não veriam a sua classificação alterada, ao contrário do Gondomar que, desse modo, ficaria no primeiro lugar.

De referir, contudo, que a FPF não suspendeu a competição de apuramento à subida à II Liga, como pretendia o Gondomar.

3 visualizações