Buscar
  • Henrique Correia

Confiança diz que os alunos do Secundário ficam sem manuais gratuitos


Miguel Silva Gouveia diz que o argumento para o chumbo por parte da liderança de Pedro Calado é que essa seria uma responsabilidade do Governo Regional".




A equipa da Confiança na Câmara do Funchal anunciou hoje que viu a sua proposta, que visava estender a atribuição de manuais escolares gratuitos aos estudantes do 10º, 11º e 12º anos do ensino secundário no concelho do Funchal, chumbada pela maioria PSD/CDS "com a desculpa de que essa seria uma responsabilidade do Governo Regional".

A realidade é que com esta reprovação da proposta da Confiança, os estudantes do ensino secundário do Funchal não terão acesso a manuais escolares gratuitos no próximo ano lectivo 2022/2023, nem sabem quando é que esse direito, que já é uma realidade a nível nacional, se cumprirá na Madeira.

“Com mais este chumbo, a maioria PSD/CDS prefere brincar ao ‘jogo do empurra’, demitindo-se da responsabilidade de apoiar o acesso gratuito à educação, num claro desinvestimento na juventude, em que saem prejudicadas as famílias funchalenses.”, refere o vereador Miguel Silva Gouveia, acusando o executivo de prepotência quando “gastam centenas de milhares de euros a destruir obras já concluídas, mas recusam-se a investir no futuro dos nossos jovens, apoiando numa das maiores despesas da sua formação individual”.

8 visualizações