top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Confiança faz balanço com as propostas rejeitadas pela Câmara do Funchal



Críticas de Miguel Gouveia sobre liderança de Pedro Calado.





A coligação Confiança na Câmara do Funchal enumerou hoje, em jeito de balanço do ano de 2023, as propostas apresentadas e chumbadas pela liderança de Pedro Calado.

"Apesar do empenho e da dedicação da equipa, diversas propostas cruciais para o desenvolvimento do Funchal foram rejeitadas, refletindo-se diretamente em áreas críticas, vistas e sentidas pelos funchalenses, como o caos no trânsito, a dificuldade no acesso à habitação, o aumento da população sem-abrigo, o consumo descontrolado de drogas e o incremento das dificuldades económicas. Entre as propostas apresentadas pela Confiança na Câmara do Funchal e infelizmente chumbadas pelo PSD, destacam-se as seguintes":


. Regulamento Municipal do Animal: Uma iniciativa para promover o bem-estar dos animais e garantir a coexistência harmoniosa entre seres humanos e animais no município.

3. Estratégia Municipal de Combate à Toxicodependência e a Comportamentos Aditivos: Um plano integrado para abordar as questões relacionadas com a toxicodependência e comportamentos aditivos, visando a saúde e segurança da comunidade.

4. Regulamento de Mobilidade Suave e Partilhada: Medidas destinadas a disciplinar a ocupação do espaço público por parte dos equipamentos de mobilidade partilhados, visando a promoção modos de transporte sustentáveis em condições de segurança e salvaguardando a imagem turística da cidade.

5. Medidas de Proteção à Habitação: Iniciativas destinadas a enfrentar a crise habitacional, derivada do aumento das taxas de juro e com o elevado preço praticado nos mercados de compra e arrendamento, para que todos os funchalenses tenham acesso a habitação digna.

6. Inclusão de Projetos do OP no Plano de Investimentos para 2023: Uma proposta para integrar os projetos vencedores do Orçamento Participativo no plano de investimentos, garantindo a sua implementação que foi abandonada por opção do actual executivo.

7. Revisão do Regulamento do Horário de Funcionamento: Um esforço para adaptar os horários de funcionamento às dinâmicas da cidade, promovendo uma vida noturna mais segura e dinâmica em harmonia com os legitimo direito ao sossego dos residentes.

8. Benefícios aos Detentores do Estatuto de Agricultura Familiar: Uma medida para apoiar e reconhecer a importância dos agricultores familiares no desenvolvimento sustentável do Funchal.


2 visualizações
bottom of page