Buscar
  • Henrique Correia

Confirma-se: Albuquerque vai aligeirar medidas na segunda-feira mas "sem pressões"



"A única conclusão que podemos tirar, porque já passaram 15 dias, é que a Páscoa correu bem"



O presidente do Governo Regional desfez eventuais dúvidas sobre o aligeirar das medidas de contenção à Covid-19, após 26 de abril: segunda-feira há novas medidas, mas Miguel Albuquerque vai avisando que "não decide com base em pressões".

O chefe do Governo diz que estará em condições de decidir e avançar com as medidas, atendendo a que só no dia 25 à noite completam-se 14 dias, dois ciclos epidemiológicos, após a retoma presencial de todas as aulas.

Miguel Albuquerque, que falava durante uma visita que fez, nesta manhã do dia 20 de abril, ao Centro de Vacinação da Calheta, no Pavilhão dos Prazeres, fez ainda questão de avisar que não vale a pena estar-se a tentar pressionar o Governo ou as Autoridades de Saúde, porque "as decisões serão tomadas, única e exclusivamente, tendo por base a realidade epidemiológica e o grau de risco a que essas eventuais decisões poderão expor a nossa população", refere uma nota publicada no site do Governo.

"Vamos avaliar a situação até domingo à noite, em termos de evolução epidemiológica, o grau de transmissão e o número de casos. Temos de levar em linha de conta os 312 casos ativos, a pandemia não despareceu".

"A única conclusão que podemos tirar, porque já passaram 15 dias, é que a Páscoa correu bem".

15 visualizações