Buscar
  • Henrique Correia

Conselho executivo da "Levada" alerta que "ninguém está imune" e lembra comportamentos

Comunicado da Escola da Levada: "A turma foi isolada, a situação foi explicada, os docentes da turma foram isolados, contactados e foram para o seu domicílio. A Escola continua a funcionar apesar deste episódio. Continuará a funcionar enquanto estiver garantida a segurança e a saúde de todos.".


O presidente do Conselho Executivo da Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva, Armando Barreiro, publicou um comunicado sobre o facto de um aluno ter sido testado positivo para Covid-19, como já demos conta através da informação oficial da secretaria regional da Educação, dando conta de outros casos em outras duas escolas da Região, a Escola Horário Bento de Gouveia e a Escola Francisco Fernandes.

Neste caso da Escola Dr. Ângelo Augusto da Silva, o presidente do conselho executivo escreve que "a Pandemia e este vírus tem-nos ensinado que ninguém está imune, independentemente da idade, do sexo e da condição social. Hoje, a notícia chegou! Um discente testou positivo ao CoviD19. Estava há 2 dias em casa a aguardar a evolução familiar e hoje soube o resultado ao teste efetuado. Testou positivo, estando assintomático.

Atuamos de imediato, segundo o nosso plano de contingência. A turma foi isolada, a situação foi explicada, os docentes da turma foram isolados, contactados e foram para o seu domicílio".

O responsável explica que "neste momento a turma e os docentes estão nas suas residências. Todos os encarregados de educação da turma foram contactados telefonicamente e explicada toda a situação, bem como os procedimentos que se seguem.

Desde já agradeço a colaboração demonstrada pelos pais. Uma comunidade é tanto mais forte, quanto maior for a sua capacidade de reação, de colaboração e de resiliência.

Os serviços do IASaúde demonstraram total disponibilidade e orientaram todos os procedimentos a fazer. A Tutela foi posta ao corrente da situação".

O comunicado refere que "a limpeza foi intensificada e orientada. A Escola continua a funcionar apesar deste episódio. Continuará a funcionar enquanto estiver garantida a segurança e a saúde de todos. Quero comunicar que é preciso ter confiança e acreditar. O pânico, o medo e as falsas notícias não ajudam nada neste momento.

Os nossos comportamentos, o isolamento social e as máscaras são as únicas defesas que temos a obrigação de utilizar. Dentro e fora da escola. Dentro e fora da nossa família! Contem connosco! Nós contamos convosco! Juntos somos muito mais fortes".

11 visualizações