top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Correio da Manhã divulga documentos que confirmam perdão da CGD a deputado



A CGD reclamou dívida de 181.654 euros, mas aceitou o pagamento de 115.946 euros.






"Um documento enviado pela própria CGD ao Tribunal do Funchal prova que o banco público concedeu um perdão parcial de dívida a Carlos Pereira, deputado do PS, à sua mulher e mais quatro pessoas, para cobrar uma dívida da BKAT Consulting, empresa declarada insolvente no final de maio de 2015".

Esta informação foi publicada hoje pelo Correio da Manhã, o jornal que ontem revelou este perdão entretanto negado pelo próprio deputado.

"O documento, que o CM mostra este sábado, contradiz as versões de Carlos Pereira e da Caixa de que não foi dado um perdão parcial de dívida", refere a publicação.

A CGD reclamou dívida de 181.654 euros, mas aceita o pagamento de 115.946 euros.

18 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page