Buscar
  • Henrique Correia

Costa norte ligada por uma via expresso é o objetivo do Governo



Albuquerque visitou intervenção no troço São Jorge-Arco de São Jorge que custa 24,8 milhões e tem o foco num viaduto de 80 metros.







A ligação através de via expresso entre São Jorge e o Arco de São Jorge "vem ao encontro da ideia governamental de ter toda a costa norte ligada por uma via expresso", disse Miguel Albuquerque quando hoje visitou a obra de 24,8 milhões de euros, apoiada pelo Fundo de Coesão e que deverá estar pronta ainda este ano.

A construção de um viaduto, com uma altura de 80 metros, que fará, depois, ligação em túnel ao Arco de São Jorge, é facto relevante no projeto.

"A execução desta obra foi dividida em duas fases, sendo que da primeira fase fizeram parte os trabalhos de escavação, revestimento provisório e definitivo e drenagem dos túneis 1 e 2, e parte do túnel 3 (km 5+013 ao km 5+750) e as galerias de emergência 1, 5 e 6. Foram ainda executadas as terraplanagens, parte da drenagem e as estruturas de suporte do troço a céu aberto entre o km 2+136 e o km 2+772 e do restabelecimento 1. Os trabalhos da primeira fase da obra encontram-se concluídos desde 2010 pelo valor de 52,1 M€.", sublinha uma nota publicada pela comunicação do Governo.

Serão também executados trabalhos de terraplanagem, de drenagem e das estruturas de consolidação e suporte nos troços a céu aberto, assim como todos os trabalhos de pavimentação, sinalização e instalação dos equipamentos de iluminação, segurança, ventilação e rede de combate a incêndios.

12 visualizações