Buscar
  • Duarte Azevedo

CS Marítimo e CS Madeira podem receber 20 mil para o voleibol

...E jogam contra equipas com direito a pouco mais de mil euros




No PRAD anterior, 2020/2021, ao CS Madeira, voleibol feminino, foi atribuído o valor de 40.489,90 euros, enquanto ao CS Marítimo tinha direito a 21.865,20 euros - as equipas madeirenses que militavam na II Divisão Nacional, inicialmente em campeonato corrido mas que acabou por ser restrito às fases-finais devido às medidas anti-covid.

A verdade é que tanto Marítimo (masculinos) como CS Madeira (femininos) mantiveram-se na II Divisão Nacional pelo que era natural que continuassem com o valor desses apoios. No entanto, o que acontece é que essas duas equipas foram integradas numa Série Madeira que tem estatuto de II Divisão - nomeadamente, o vencedor vai disputar a fase final que discutirá a subida à I Divisão -, mas junte-se-lhes as equipas regionais que, assim, saltaram do 'Regional' para a... II Divisão. Sem passar pela III Divisão.

O PRAD 2021/2022, no entanto, salvaguarda essas posições na medida em que atribui a Marítimo (masculinos) e CS Madeira (femininos) 20 868,27 euros no primeiro caso, e 21 932,05 euros no segundo caso. O Madeira continua a receber mais que o Marítimo, mas pouco mais, muito distante da diferença da época anterior, que era quase o dobro.

Tem alguma lógica estas duas equipas terem acesso a esses valores, atendendo a que se mantiveram na II Divisão. Contudo, estão em disputa com clubes que recebem 2 177,28 euros - no caso dos masculinos - ou 2 190,56 euros - femininos.

Curiosamente, em termos competitivos, ao passo que o Madeira vem confirmando o favoritismo - tudo indica ser o vencedor desta Série Madeira nos femininos - já o Marítimo, apesar de ter acesso a 20 vezes o valor a receber pelos machiquenses, deverá ver o clube tricolor ser o representante da Madeira na fase que vai decidir a subida de Divisão.

Como por aqui se escreveu, os representantes da Madeira à fase final da II Divisão, femininos e masculinos, terão direito a uma majoração de 10 mil euros.

5 visualizações