top of page
Buscar
  • Duarte Azevedo

CS Maritimo em 13 de 32 representações nacionais



O CD Nacional é o segundo clube mais representado mas com apenas 3 equipas.




Os Campeonatos Nacionais de desporto disputados de modo regular durante toda uma época, em termos coletivos, ou seja, com competição estendida ao longo da temporada com jogos alternadamente na Madeira e no continente, têm apuradas para participação 32 equipas madeirenses. Referimo-nos ao futebol, andebol, basquetebol, voleibol, ténis de mesa, hóquei em patins e futsal.

Essas 32 equipas estão distribuídas por 14 clubes, sendo que o CS Marítimo é o mais representado, com 13 formações - teria 14 de 33 mas o ténis de mesa feminino não vai participar na I Divisão por falta de apoios oficias. De qualquer modo, aquele número é bem significativo da importância da coletividade verde-rubra no panorama desportivo madeirense, e na presença junto da juventude. 

O CD Nacional é o segundo clube mais representado mas com apenas 3 equipas. O CS Marítimo é, também, como por aqui vimos em devido tempo, a coletividade com mais presença feminina e aquela que tem mais modalidades em competição nacional regular.

Eis as 32 representações distribuídas pelos clubes:

CS Marítimo 13, CD Nacional 3, CS Madeira 2, Galomar 2, CAB 2, Ponta do Pargo 2, AD Camacha, CD Portosantense SAD, Porto Moniz, Madeira SAD, Académico CDF, São Roque, 1º de Maio e Francisco Franco 1 cada.

Aqui não estão contabilizadas, obviamente, as chamadas Séries Madeira da II Divisão, que têm expressão no ténis de mesa e no voleibol.

Estes campeonatos nacionais de disputa regular, numa época que vai de julho de 2023 a junho de 2024, com jogos na Madeira e no Continente/Açores ao longo de toda a temporada, arrancaram com o futebol profissional e já vem aí o restante futebol. As outras modalidades têm começo mais tarde.

2 visualizações

Kommentarer


bottom of page