Buscar
  • Henrique Correia

D. Teodoro na comissão para os 100 anos da morte do Beato Carlos d'Áustria


Bispo do Funchal quer comemorações dignas a 1 de abril de 2022

Imagem do funeral de Carlos d'Áustria

(Fotografia Vicentes)


O Bispo do Funchal nomeou uma comissão responsável pela elaboração das comemorações do 1º centenário do falecimento do Beato Carlos d'Áustria, data assinalada a 1 de abril de 2022.

D. Nuno Brás diz pretender que "a data possa ser dignamente celebrada, e ao mesmo tempo a figura deste Imperador cristão, beatificado por S. João Paulo II em 2004, mais conhecida e venerada".

Sendo assim, o Bispo nomeou a seguinte Comissão com vista à elaboração do Programa das referidas comemorações e à sua execução e vivência:

D. Teodoro de Faria, Bispo Emérito do Funchal, Presidente, Cón. José Fiel de Sousa, Vigário Geral da Diocese, Cón. Vítor dos Reis Franco Gomes, Deão do Cabido Catedralício e P. Vítor Manuel Baeta de Sousa, Pároco da Paróquia de Nª Sr.a Monte.

Recorde-se que os restos mortais de Carlos d'Áustria encontram-se na Igreja do Monte. O imperador Carlos I, último titular do império Austro-Húngaro, tornou-se no primeiro "soberano exilado" na Madeira. Foi na Quinta do Monte que morreu, em 1 de Abril de 1922, vítima de uma "dupla pneumonia gripal", aos 34 anos.

8 visualizações