Buscar
  • Henrique Correia

Deputados só aceitam vacinação depois dos grupos prioritários


Face à situação pandémica, o Parlamento mantém o quórum de funcionamento com 24 deputados




A Conferência dos Representantes dos Partidos, na Assembleia Legislativa Regional, decidiu hoje que “só depois de concluída a vacinação (Covid-19) de todos de todos os grupos de risco e de todos os grupos prioritários, incluindo as forças de segurança e as forças de socorro”, é que os deputados madeirenses devem ser vacinados”.

Numa nota publicada no site do Parlamento, José Manuel Rodrigues lembrou que “os líderes parlamentares abdicaram de serem vacinados na altura que foi entendido pelas autoridades nacionais e autoridades regionais de saúde” e que voltam a fazê-lo no momento em que iriam ser chamados para a vacinação.

Os líderes parlamentares marcaram, também, oito plenários para o próximo mês (para os dias 04, 05, 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de maio), que, face à situação pandémica, mantém o quórum de funcionamento com 24 deputados.

4 visualizações