Buscar
  • Henrique Correia

Dinarte "aperta" Governo para potenciar o posto agrário em Santana


Candidato do CDS propõe-se apoiar agricultores e pensa num festival agrícola



"Estar aqui, no Posto Agrário, tem um propósito, o propósito de alertar o Governo Regional para a necessidade de potenciar esta excelente infraestrutura através do turismo ou até mesmo através do agroturismo que, cada vez mais, está em voga. Este é um espaço com uma área enorme e não está devidamente potenciado", disse o candidato do CDS à Câmara de Santana declinando críticas para um governo que também é do CDS. Dinarte Fernandes diz que "a exemplo do que aconteceu em São Vicente, com a Escola Agrícola, uma construção que veio dinamizar, ainda mais, o concelho de São Vicente, nós, em Santana, temos aspirações que este posto agrário possa ser potenciado, no futuro, pelo Governo Regional em colaboração com a Câmara Municipal de Santana".

O presidente da Autarquia, que se submete a votos pela primeira vez como candidato a líder local, sublinha que "a Câmara tem tido a preocupação de apoiar os agricultores, quer na distribuição de raticida (15 toneladas por ano), quer no apoio aos empresários em nome individual, onde duplicamos o valor a atribuir aos empresários do sector agrícola.

Houve também a preocupação de escolher alguém para a lista à Câmara Municipal que é engenheira agrónoma, a engenheira Maria José Santos, já a pensar no futuro, a pensar em apoiar, cada vez mais, a agricultura e porque não, criar um apoio anual aos nossos agricultores.

Temos também na agenda a criação de um festival agrícola em Santana, algo que vai ajudar a que o tema da agricultura seja cada vez mais presente. Não podemos esconder, Santana é um território agrícola e temos que, cada vez mais, puxar por este tema".

6 visualizações