Buscar
  • Henrique Correia

Diocese faz apelo para a recuperação "urgente" do Monumento da Paz


São 400 mil euros que a Diocese procura pelas paróquias e pelos donativos diversos.



Fotos Duarte Gomes.


O apelo é feito pela Diocese que agradece a "todos os que têm colaborado com as obras de recuperação do pedestal da Imagem de Nossa Senhora da Paz e do espaço envolvente". Mas os valores até agora angariados estão longe dos 400 mil euros que é o valor estimado para a intervenção. Por isso, a Diocese prepara-se para envolver mais as paróquias e vai pedir donativos com IBAN e tudo.

A face visível desse apelo é do Cónego Manuel Martins, Vigário Episcopal do Património, em declarações ao jornal da Diocese, em edição online, onde fala na urgência das obras em consequência de um parecer do Laboratório Regional de Engenharia Civil (LREC) reforçando que "os materiais usados no pedestal, sobre o qual assenta a imagem com mais de 5 metros de altura, chegaram ao fim de vida e têm de ser substituídos".

O Cónego Manuel Martins disse, ao Jornal da Madeira, estar apenas "a aguardar a entrega do projeto de intervenção que está a ser elaborado pelo Laboratório Regional de Engenharia Civil (LREC). Só quando estiver na posse desse projeto pode avançar para a fase seguinte, isto é para os contactos com empresas de modo a que estas possam apresentar as suas propostas de execução da obra".

Lembra a informação que por determinação do bispo diocesano, a Renúncia do Avento, que aconteceu nos passados dias 1 e 2 de Janeiro, foram destinadas a estas obras. Porém, o valor fica “muito aquém do total necessário”. Neste momento, e tendo em conta que há paróquias que ainda não procederam à entrega da verba correspondente, “temos 13 mil euros recolhidos” e na melhor das estimativas pode-se chegar aos 20 mil ou 25 mil”.

Neste sentido, vem o passo seguinte: "A Diocese irá “colocar no seu site oficial o valor exato da obra, que irá sendo atualizado sempre que hajam depósitos na conta que vai ser criada para este efeito e cujo IBAN será também disponibilizado no site”. O mesmo acontecerá, de resto, com os donativos que cheguem à diocese por outras vias, mas com este intuito.

O Cónego Manuel Martins diz que "a diocese irá fazer também, “junto de todas as paróquias, uma campanha a ver se conseguimos angariar fundos para a recuperação, na totalidade, deste monumento”.

10 visualizações