Buscar
  • Henrique Correia

Diogo Goes assume compromisso com as pessoas e confiança no futuro


"A inclusão social, a reabilitação urbana, a cultura e a economia são algumas das prioridades defendidas pela Coligação Confiança - Sé".






Diogo Goes tem 31 anos, é artista plástico e Docente Assistente no ISAL. É o candidato da coligação Confiança à Junta de Freguesia da Sé. Hoje, na Praça do Carmo, apresentou a candidatura com a presença de Miguel Gouveia, candidato à Câmara do Funchal.

Na sua apresentação, Diogo Goes assumiu que "o desenvolvimento integrado e sustentável do nosso coração da cidade, a freguesia da Sé, só é possível quando todos os cidadãos participam neste processo de diálogo. Aceitei este desafio com sentido de dever, compromisso com as pessoas e confiança no futuro que hoje começa, por defender que o poder local deve desempenhar um papel de mediador de proximidade entre o cidadão e as instituições.”

"A inclusão social, a reabilitação urbana, a cultura e a economia são algumas das prioridades defendidas pela Coligação Confiança - Sé, tendo por objetivo garantir o desenvolvimento da freguesia, a coesão social e contribuir para a melhoria da qualidade de vida de todos os habitantes. Trabalho, serviço e dedicação a todas as pessoas são os valores em que acredito, para juntos construirmos uma sociedade mais justa, mais inclusiva e mais solidária."

Segundo uma nota da candidatura, Miguel Silva Gouveia enalteceu, na ocasião, que "ao longo dos últimos anos, a nossa cidade fez com que muitas vezes me cruzasse com o Diogo Goes, e sempre pelas melhores razões. A energia, a criatividade e a motivação do Diogo não deixam ninguém indiferente, pelo que é com grande satisfação que a Coligação Confiança contará com ele rumo à Presidência da Junta de Freguesia da Sé. Agente cultural reconhecido, será o rosto de uma candidatura com prioridades claras para chegar ao coração das pessoas e dar propósito a uma freguesia há tantos anos no esquecimento. Hoje sentimos, mais do que nunca, que vale a pena ter esperança no futuro da Sé.”

45 visualizações