Buscar
  • Henrique Correia

Dirigente máximo coloca dúvidas na continuidade do CFU 1913


Presidente Jaime Gouveia espera por decisão do Administrador Judicial Provisório.


Nasceu como ADUM (Associação Desportiva União da Madeira), entretanto passou para CFU 1913 (Clube de Futebol União 1913), tudo em menos de um ano, estreou-se no mês de provas organizadas pela AFM em junho último. Finda esta participação, o presidente do '1913', Jaime Gouveia - na foto -, enviou uma missiva aos encarregados de educação dos jogadores do jovem clube, podendo-se deduzir que a mesma coloca em causa a continuidade do mesmo. Pela sua leitura pode-se entender que Jaime Gouveia faz depender a continuidade do projeto CF União 1913 da decisão do Administrador Judicial Provisório do Clube de Futebol União. Depois de agradecer 'a disponibilidade e empenho', revelando 'orgulho', aquele dirigente lembra que 'este projeto só terá sucesso se também estiverem reunidas as necessárias condições materiais em termos de oficinas de treino. 'Uma vez que ainda aguardamos pronúncia do Administrador de Insolvência do Clube de Futebol União relativamente à questão do Complexo Desportivo, solicitamos aos Pais que, se possível, aguardem até finais de julho para, em definitivo, decidirem no que concerne ao clube onde eventualmente os vossos Filhos prosseguirão a respetiva prática desportiva', aconselha Jaime Gouveia. Resta, pois, aguardar mais uns dias...


15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo