top of page
Buscar
  • Henrique Correia

EEM fundamentou as Algas e o Penedo do Sono não foi desenvolvido localmente


Jardim explica alguns dos "elefantes brancos" dos seus governos, como classifica a oposição. Insucesso dos parques empresariais "mandado" para autarquias




Depois de lançar o desafio sobre quais as obras dispensáveis dos seus governos, com a oposição a enumerar várias com a Marina do Lugar de Baixo à cabeça, o antigo presidente do Governo Regional Alberto João Jardim

veio a público explicar alguns dos investimentos apontados como "elefantes brancos" da sua governação.



"Todos sabem, de 4 em 4 anos, nos meus Governos, íamos às Freguesias discutir o Programa de Governo. O Povo partilhava decisão sobre os investimentos possíveis.

Depois, eram e são adjudicados mediante “visto”do Tribunal de Contas...

...Ainda sujeitos a outra fiscalização posterior

Da população que participava na decisão. Poder Judicial decide Legalidade.

Como se atreve gente que votou contra estes investimentos, a coberto da imunidade parlamentar, pôr em causa a honra das pessoas e as opções do Povo?!...

...Fábrica das moscas, com ajuda de meios

aéreos, erradicou uma praga que teria destruído a fruticultura da Madeira.

Heliportos, mais uma “guerra” com Serviços da República.

Penedo do Sono, localmente não desenvolvido ou criado condições, o que já não era encargo nosso...

...Algas” fundamentadas ao Conselho de

Governo pela EEM, para redução de derivados petrolíferos na produção de Energia.

E houve autarquias a reivindicar “parques industriais” mas, depois, continuaram a licenciar essas actividades nos centros populacionais!...

26 visualizações
bottom of page