Buscar
  • Henrique Correia

Emblemático supermercado Caju inspirou irmãos para projeto turístico


Uma recuperação bem conseguida por António Henriques e Norberto Henriques foi elogiada pelo presidente do Governo.







Antes desta "onda" de hipermercados, bem para trás no tempo, o mesmo tempo da Felisberta, dos Camacho, da papelaria o Talassa, havia também o supermercado Caju, o equivalente a um pequeno espaço, concorrido, conhecido e cujo prédio onde estava instalado passou a histórico. Hoje, está bem recuperado hotel Caju, pelas mãos dos empresários, os irmãos António Henriques e Norberto Henriques.

Esta segunda-feira, o presidente do Governo Regional destacou o reaproveitamento do prédio onde funcionou o supermercado Caju, agora totalmente remodelado e aproveitado para fins turísticos, com elogios aos investidores.

"O líder madeirense gostou do que viu num hotel que abriu as portas em dezembro de 2019, mas que teve graves problemas de ocupação durante a pandemia. Um cenário totalmente alterado hoje em dia, com perspetivas médias de ocupação anuais acima dos oitenta por cento", refere uma publicação do Governo.

"Acho que foi uma obra muito bem feita, muito bem decorada, pela Nini Andrade Silva. E acho que, neste momento, é uma oferta que vem valorizar a cidade e a Região», acrescentou o chefe do executivo.

Miguel Albuquerque disse ainda considerar muito interessante o projeto de apostar-se em hotéis de charme, "não só porque permite a reabilitação de património, mas também porque se está a proporcionar aos mercados uma oferta diversificada e de qualidade, como acontece com o hotel Caju".


17 visualizações