Buscar
  • Henrique Correia

Empresário reage ao fecho dos restaurantes e bares às 17 horas e pede isenção de impostos


"Vão ISENTAR os impostos (Finanças e Segurança Social) às empresas !? Não precisam de dar dinheiro às empresas... apenas ISENTAR!"

Foto Facebook


"Restaurantes/Bares e Similares: nos próximos 2 fins de semana (9 e 10, sábado e domingo, e 16 e 17 de janeiro, sábado e domingo), estes estabelecimentos encerram às 17h. Atendendo à limitação de circulação, alertamos que os takeaways e entregas ao domicílio estarão encerrados nos períodos supra-referidos".

Esta medida, anunciada ontem pelo Governo Regional, já mereceu uma reação por parte do empresário Diário Silva, com ligações ao grupo Café do Teatro, que na sua página do Facebook, deixa ao Governo uma observação/alerta no sentido de ser encontrada uma forma de compensação para os já previsíveis prejuízos que se juntam a muitos outros que a crise já originou. O encerramento da restauração e dos bares às 17 horas, nos dois fins de semana próximos, ainda que por razões de Saúde, vai provocar nova "hecatombe" aos negócios que assim começam 2021 igual ao dramático 2020.

Diário Silva escreve que "o GOVERNO REGIONAL a decretar estas novas medidas de encerramentos do Comércio as 17H e etc... também deverá anunciar as NOVAS MEDIDAS DE APOIO ÀS EMPRESAS face a esta situação!

Vão ISENTAR os impostos (Finanças e Segurança Social) às empresas !? Não precisam de dar dinheiro às empresas... apenas ISENTAR!"


39 visualizações