Buscar
  • Henrique Correia

Encerrado edifício da Escola Visconde Cacongo no Funchal; assistente positivo


São dez profissionais, entre docentes e não docentes, mais 88 alunos, em isolamento profilático. Mais 38 alunos de duas outras escolas vão para casa


Um assistente operacional da EB1/PE Visconde Cacongo testou positivo, pelo que dez profissionais, entre docentes e não docentes, referenciados como contactos próximos, e quatro turmas (88 alunos), iniciam isolamento profilático até indicação em contrário das autoridades de saúde. Por esta razão, o edifício da Visconde Cacongo está encerrado, mantendo-se a atividade letiva no edifício do Faial, concretamente para os 3.º e 4.º anos e uma sala do pré-escolar.

Também na EB23 da Torre, devido a contacto direto de um aluno com um caso positivo, fora do contexto escolar, uma turma (17 alunos) inicia regime de aulas não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.

A atualização da secretaria regional da Educação dá conta, ainda, que na EB1/PE Lourencinha, devido a contacto direto de um aluno com um caso positivo, fora do contexto escolar, uma turma (21 alunos) inicia regime de aulas não presencial até indicação em contrário das autoridades de saúde.

5 visualizações