top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Erros processuais anulam concurso para videovigilância no Funchal



Miguel Gouveia: "A proposta de extinção deste concurso, que mereceu a abstenção dos vereadores das Confiança, demonstra a incapacidade do actual executivo".




A coligação Confiança revelou hoje, após a reunião de Câmara do Funchal, que ocorreu o cancelamento do concurso internacional para aquisição do sistema de videovigilância por erros processuais, numa manifesta incompetência da actual vereação, após ter anunciado por diversas ocasiões que este sistema já estaria em funcionamento.

"A proposta de extinção deste concurso, que mereceu a abstenção dos vereadores das Confiança, demonstra a incapacidade do actual executivo em encontrar soluções para a cidade do Funchal, nomeadamente para a insegurança que se vai adensando, e uma absoluta ausência de liderança. Além do adiamento da entrada em funcionamento do sistema de videovigilância, recorde-se o bloqueio das propostas da Confiança para a implementação de uma Polícia Municipal e o caos actualmente evidente na fiscalização, com a multiplicação das ocupações abusivas do espaço público municipal com esplanadas, publicidade e eventos não autorizados.

Numa altura em que se vão acumulando queixas sobre o barulho e a violência na noite funchalense, tarda, igualmente, em ser revisto o regulamento de horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, apesar da proposta da Confiança, apresentada há mais de um ano e chumbada pelo PSD, prever a redução desses horários sempre que existissem reclamações fundamentadas dos moradores".


28 visualizações

Comments


bottom of page