Buscar
  • Henrique Correia

Estudo de Impacte Ambiental sobre intervenção nas Ginjas com consulta recorde


Prazo terminou hoje e o JPP faz acusações ao Governo.


Terminou hoje, 7 de dezembro, o prazo de consulta pública do Estudo de Impacte Ambiental sobrea intervenção pretendida pelo Governo na estrada das Ginjas. A consulta registou um recorde de participantes, sublinha o Juntos Pelo Povo.

Uma nota pública do JPP diz que "termina o prazo de 10 dias úteis que o Governo Regional determinou, de forma "camuflada", para a Consulta Pública ao Estudo de Impacte Ambiental da “famigerada” obra de pavimentação do Caminho das Ginjas, em plena Laurissilva, Património da Humanidade UNESCO".

"E termina com participação recorde, suplantando a Consulta Pública anterior, que já detinha um número recorde de participantes e cujo resultado, obrigou o Governo Regional a recuar na sua intenção de “rasgar” a Laurissilva e a apresentar um novo Estudo de Impacte Ambiental".

O JPP lembra que "tem acompanhado e denunciado, esta “intenção” do Governo Regional em pavimentar um caminho que atravessa o coração da Laurissilva, numa obra orçada já em 12 milhões de euros e que coloca em risco o nosso património natural e Património da Humanidade".


5 visualizações