Buscar
  • Henrique Correia

Europa dá à easyJet os 18 slots da TAP; Ryanair perde "corrida"


Bernardo Trindade diz tratar-se de "um aviso da Comissão Europeia aos “papagaios” que se julgando impunes podem destratar toda a gente".




A Comissão Europeia atribuiu à easyJet os 18 slots diários da TAP no aeroporto de Lisboa. Perdeu a outra concorrente, a Ryanair. As razões prendem-se com as melhores condições desta companhia aérea, designadamente a disponibilidade de lugares.

Esta cedência de slots era uma imposição para aprovar o plano de reestruturação da TAP.

A CE refere que "as faixas horárias serão disponibilizadas pela TAP Air Portugal para atenuar eventuais distorções indevidas da concorrência criadas pelo auxílio à reestruturação que lhe foi concedido por Portugal, após autorização da Comissão em dezembro de 2021", permitindo assim à EasyJet "começar a explorar novas rotas a partir de 30 de outubro de 2022".

A este propósito, o presidente da Associação de Hotéis de Portugal e adiministrador do grupo Porto Bay, o madeirense Bernardo Trindade, fez um comentário no espaço DN onde escreve que "ao ler a notícia, parecem-me três coisas:

- tecnicamente a EasyJet preparou-se melhor fazendo a melhor proposta atendendo à disponibilidade existente;

- Lisboa não perde disponibilidade, acrescenta, com mais destinos;

- finalmente um aviso da Comissão Europeia aos “papagaios” que se julgando impunes podem destratar toda a gente.

A Ryanair avaliará, estou certo...

8 visualizações