Buscar
  • Henrique Correia

Famílias, Saúde e Educação são desafios de Gonçalo Jardim para Sto. António


Miguel Gouveia: "É possível ter uma junta mais próxima, mais atenta e mais solidária."




Gonçalo Jardim tem 43 anos, é enfermeiro especialista e exerce a sua atividade no Serviço de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça e na Casa de Saúde São João de Deus. É o candidato à Junta de Freguesia se Santo António.

Em 2017, foi eleito Presidente da Assembleia de Freguesia de Santo António pela Coligação Confiança e, à luz dessas funções, destacou "a importância de a freguesia investir na modernização de práticas e na participação cívica, envolvendo cada vez mais as pessoas e valorizando a sua qualidade de vida. Em Santo António é preciso, mais do que nunca, fazer a diferença, porque esta é uma freguesia que não pode continuar a ficar para trás e que precisa de uma visão de futuro, criando condições de bem-estar para quem aqui vive e trabalha."

O candidato assumiu como prioridades a redução de assimetrias na freguesia, com melhoria das acessibilidades e novas redes de saneamento básico, e o investimento em novos espaços públicos, na linha do trabalho que tem sido feito pela Câmara Municipal do Funchal, mas destacou, especialmente, que "o maior desafio da freguesia passa pelo reforço dos apoios às famílias, com mais saúde, mais educação, mais proximidade e mais cidadania. É essa a marca da Coligação Confiança, um projeto que tem tornado a cidade mais preparada, resiliente e desenvolvida, com gente que tem provado ser capaz, e conto com o apoio de todas e de todos para recuperarmos o orgulho de viver em Santo António."

Miguel Silva Gouveia referiu que "o Gonçalo, enfermeiro de profissão, e especialista em saúde mental e psiquiatria, é um homem com provas dadas ao longo de toda a carreira e cuja experiência será determinante para que uma freguesia com o peso de Santo António possa enfrentar a crise social dos próximos anos. Desde 2017, como Presidente da Assembleia de Freguesia, já tem provado isso mesmo: que é possível ter uma junta mais próxima, mais atenta e mais solidária. É de cidadãos como ele, disponíveis para pôr o seu saber ao serviço dos outros e para cumprir abnegadamente a causa pública, que se faz este projeto, e acredito que esta freguesia, que é também aquela onde vivo, vai eleger o Gonçalo Jardim como o seu próximo Presidente."

11 visualizações